Desentupidora em Itu

Desentupidora em Itu

 

SOLICITE UM ORÇAMENTO GRÁTIS PARCELAMOS NO CARTÃO

Desentupidora em Itu está pronta para a sua Visita técnica para proposta orçamentária 24 horas por dia, de domingo a domingo, sem compromisso em toda Grande São Paulo.

Ligue para nós: (11) 2836-6065 | (11) 9 9739-5404 | (11) 2822-9612

Solucionamos na hora se o orçamento for aprovado, caso contrário, não cobramos nenhuma taxa de visita. Acompanhe nosso canal no YouTube Como calcular o preço de um desentupimento? DESENTUPIDORA COM PREÇO JUSTO Não chame outra desentupidora antes de consultar os nossos preços.

Problemas com Entupimento? Emergência, Ligue grátis Click na imagem e ligue!

Desentupidora Orçamento via Whatsapp

DESENTUPIDORA DE RALO Desentupidora de Ralos em Itu

Desentupidora de ralos, qual escolher? Está com problemas para desentupir os ralos de sua casa, empresa ou imóvel? Já tentou de todas as formas solucionar este inconveniente e tem dúvida sobre onde, como e qual empresa desentupidora de ralos, contratar? Não se preocupe, neste artigo iremos detalhar todos estes pontos para te ajudar a encontrar de maneira rápida, a solução ideal para os ralos entupidos.

Solicite uma visita sem compromisso Algumas vezes, o problema nas tubulações e ralos são tão complicados, que nem sabemos ao certo o que de fato, está entupido. Veja se a empresa fornece a visita sem compromisso, para avaliar o problema e tecer o orçamento.

  • DESENTUPIDORA DE RALO:
  • PROFISSIONAIS BEM PREPARADOS
  • DESENTUPIDORA DE RALO EM ITU
  • TEMOS UMA EQUIPE DE PLANTÃO
  • CASO PRECISE DE UMA DESENTUPIDORA DE RALO EM ITU
  • ATENDEMOS NA ZONA LESTE, SP ZONA NORTE, SP ZONA SUL, ZONA OESTE, SP.

Desentupidora em Itu

Desentupidora de Ralos em Itu

A desentupidora de Ralo em Itu no Centro e toda região, pode contar conosco, solicite um orçamento sem compromisso. Está precisando de uma Desentupidora de Ralo em Itu , está no lugar certo, temos sempre os melhores preços em desentupimento. Temos equipes de plantão, para atendimento de emergência com rapidez. Conte com a empresa que é líder do seguimento de desentupidora 24 horas, e com isso terá a garantia de um serviço especializado e com garantia qualidade e melhor preço. A Desentupidora de Ralo em Louveira possui equipes emergenciais altamente qualificadas que prestam atendimento emergencial a cidade de Itu .

Especializados em solucionar qualquer problema de desentupimento, encanamento, caça vazamentos e limpa fossa. A equipe técnica da Desentupidora em Itu atende a todos os serviços 24 horas, incluindo sábados, domingos e feriados. Os serviços prestados pela Desentupidora de Ralo em Itu são executados com equipamentos modernos, que permitem a segurança e eficiência junto aos nossos clientes.

PROCURANDO UMA DESENTUPIDORA DE RALO EM ITU?

CHAME A DESENTUPIDORA EM ITU. DESENTUPIDORA 24 HORAS EM LOUVEIRA COM ATENDIMENTO EMERGENCIAIS, DESENTUPIDORA EM ITU

Sobre o nosso Atendimento em Itu SP

Atendimento 24 Horas em Itu

A Omar Desentupidora conta com equipes de plantão posicionada em Itu, em diversos pontos estratégicos para que seu atendimento seja o mais rápido possível, pois sabemos sobre a urgência.

Desentupidora de Pia

Desentupidora de Pia em Itu, com maquinário adequado e técnicos profissionais.

Desentupidora de Vaso Sanitário

Desentupidora de Vaso Sanitário em Itu, com maquinário adequado, ferramentas para retirada do vaso e vedação.

Desentupidora de Ralos

Desentupidora de Ralos em Itu, com maquinário adequado, ferramentas e Técnicos Treinados.

Desentupidora de Caixa de Gordura

Desentupidora de Caixa de Gordura em Itu, com maquinário adequado, EPI e Técnicos Treinados.

Desentupidora de Esgoto

Desentupidora de Esgoto em Itu, com maquinário adequado, Hidrojato e Técnicos Treinados.

Caça Vazamento

Caça Vazamento em Itu, não quebre, localizamos o vazamento sem quebrar.

Encanador

Encanador 24 Horas em Itu, atendimento de emergência.

Limpa Fossa

Limpa Fossa em Itu, atendimento 24 horas.

Hidrojateamento

Hidrojateamento em Itu, desentupimento com alta pressão.

Dedetizadora e Sanitização de Ambientes

Dedetizadora e Sanitização de Ambientes na Freguesia do Ó

Sobre a Cidade de Itu

História O marco da fundação da cidade de Itu foi à construção, em 1610, de uma capela devotada a Nossa Senhora da Candelária, no lugar em que hoje fica a Igreja do Bom Jesus. Esta capela foi construída por Domingos Fernandes e seu genro, Cristóvão Diniz. Eles receberam por sesmaria em 1604, a posse das terras dos campos do Pirapitingui. Em 02 de Fevereiro adotou-se o dia com data de aniversário de Itu, por coincidir com o dia de Nossa Senhora da Candelária.

O povoado se formou em torno desta capela. No ano de 1653 foi elevada a Freguesia de Santana do Parnaíba. Em 1.657, passou à condição de Vila com direito a possuir uma Câmara Municipal, iniciando-se assim a construção de um novo templo. Durante quase 100 anos (de 1657 a 1750) a Vila de Itu não passou de um pequeno núcleo, com menos de 100 casas, concentradas no pátio da antiga Matriz e numa única rua que ia do pátio até a capelinha do primeiro povoado. Uma boa parte das casas, as do pátio, sobretudo, pertencia a fazendeiros. Quando aumentou a escravatura e a produção das fazendas, seus donos ajudaram a erguer dois conventos na Vila, o de São Francisco (1692) e o do Carmo (1719). Os comerciantes ergueram, em 1726, uma capela, num lugar ainda descampado, a de Santa Rita, inaugurada em 1.728.

Em 1760, já existiam cerca de 105 casas e mais uma rua, chamada da Palma (atual Rua dos Andradas).

Nessa época, Itu se firma como entreposto de comércio na rota entre o sul do país e as regiões mineradoras de Mato Grosso e Goiás. Na Vila, a maioria das casas, eram pequenas e habitadas por gente que pouco ou nada possuía. Alguns anos depois, em 1776, com o crescimento das lavouras da cana de açúcar e do algodão a Vila cresceu contando com 180 casas, tendo ainda as mesmas ruas de antes.

Quem deu vida à localidade foram os artesãos (sapateiros, ferreiros, carpinteiros, tecelões, costureiras e fiandeiras), os quais ocupavam 119 casas. Os comerciantes interessados na venda de tecido, colchas e cobertores para outras regiões, promoveram o cultivo de algodão, e a produção caseira de tecidos. A partir de 1777, a Vila de Itu cresceu em função dos negócios de exportação de açúcar para a Europa. O número de engenhos de cana e de escravos, vindos da África se multiplicaram. De 1785 a 1792, foram abertas as ruas que descem paralelas, pelas encostas do espigão, e seus prolongamentos pelo lado da Igreja do Patrocínio inaugurada em 1.819. Em 1.811, foi criada a Comarca de Itu. Pela Lei Provincial de 05 de fevereiro de 1.842, a Vila de Itu foi elevada à cidade. Nessa ocasião, possuía umas 800 casas. A partir de 1.850 e durante anos, Itu foi considerada a cidade mais rica da Província de São Paulo, com importante participação na vida política e econômica. Em 1860, ocorreu uma grande crise no mercado internacional do açúcar.

O plantio da cana entrou em decadência, causando, com o tempo, um conflito entre os políticos e os fazendeiros ituanos contra o Governo Imperial. Cresceu em Itu o Movimento Republicano que resultou, em 1873, na realização da Primeira Convenção Republicana do país. Início da propaganda republicana, com a criação do Partido Republicano Paulista. Por isso mesmo, Itu é chamada de “Berço da República”. O açúcar veio sendo gradativamente substituído pelo café. Com o aumento da produção cafeeira, os fazendeiros buscaram, na Europa, a vinda de imigrantes para substituir a mão de obra escrava. O tráfico havia sido proibido em 1850 e, a escravatura, abolida em 1888. Com a ajuda do governo republicano, proclamado em 1889 vieram para Itu milhares de imigrantes a maioria italianos. A cidade possuía, nesta época, cerca de 1800 casas. O café foi à base da economia do município até 1935, ano da maior produção, decaindo depois, pela concorrência de outras áreas de plantio e pelo esgotamento de suas terras. De 1935 a 1950, Itu quase não cresceu além da área já ocupada. A partir de 1950 novas indústrias vem se instalando na cidade, principalmente as de cerâmicas. Ocorreu grande migração rural em busca de trabalhos nas fábricas.

A cidade começou novamente a crescer com a abertura de diversos loteamentos na periferia. Itu já não tinha a mesma importância de antigamente, sendo influenciada pela Capital do Estado, já então uma metrópole. O velho centro é a maior e mais importante herança cultural dos tempos da colônia, passou a ser transformado em centro histórico e área comercial. Após 1970, com a construção da rodovia Castelo Branco, novas indústrias instalaram-se em Itu, principalmente às margens de suas estradas de acesso. Nesta mesma época, se intensifica a fama de Itu como a “Cidade dos Exageros”, graças ao humorista Francisco Flaviano de Almeida, mais conhecido como “Simplício”, que participava de um programa televisivo chamado de “Praça da Alegria”, interpretando o caipira Osório, contava vantagens sobre sua terra natal, tudo de forma exagerada, esta brincadeira acabou intensificado o fluxo de turistas na cidade, que procuravam conhecer os objetos gigantes.

Em 1979, Itu se torna a terceira estância turística do estado de São Paulo, fomentando ainda mais esta atividade no município com a vinda de recursos do governo do estado. Itu é um município do estado de São Paulo, no Brasil, situado na Região Metropolitana de Sorocaba, na Mesorregião Macro Metropolitana Paulista e na Microrregião de Sorocaba. Localiza-se a uma latitude 23º15’51” sul e a uma longitude 47º17’57” oeste, estando a uma altitude de 583 metros. Sua população estimada em 2019 era de 173 939 habitantes,[2] formada principalmente por descendentes de imigrantes portugueses, italianos, japoneses, além de migrantes de outras regiões do Brasil, em especial do Nordeste, além da forte presença de migrantes do estado do Paraná. Itu já foi a cidade mais rica do estado, sendo famosa por nela terem residido muitos “barões do café” e autoridades importantes do país. O município teve importância no processo que conduziu à proclamação da república do Brasil em 1889. Em 2010, a cidade completou 400 anos.

É o 47° município mais populoso do estado de São Paulo e o 153° no Brasil, além de ser a segunda maior cidade da Região Metropolitana de Sorocaba, atrás apenas de Sorocaba. [5] A cidade é famosa por ter diversos objetos de tamanho exagerado, fama esta inaugurada pelo comediante Francisco Flaviano de Almeida, o famoso Simplício. Índice 1 Toponímia 2 História 2.1 Período colonial 2.2 Império 2.3 Século XX 3 Geografia 3.1 Crise hídrica em 2014 4 Demografia 5 Administração 5.1 Prefeitura 5.2 Câmara de Vereadores 5.3 Cidades-irmãs 5.4 Unidade militar 6 Economia 6.1 Estância turística 7 Infraestrutura 7.1 Saúde 7.2 Educação 7.3 Transportes 7.4 Comunicações 8 Cultura 8.1 Espaços culturais 8.2 Esportes 9 Ver também 10 Referências 11 Bibliografia 12 Ligações externas Toponímia Segundo Silveira Bueno, “Itu” procede do termo tupi Utu-Guaçu (cachoeira grande). Eduardo de Almeida Navarro diz que o topônimo procede do tupi ytu (cachoeira)[6].

História Período colonial Bandeirantes receberam, por sesmaria, em 1604, a posse das terras dos campos do Pirapitingui. O marco da fundação da cidade de Itu foi a construção, em 1610, de uma capela dedicada a Nossa Senhora da Candelária, no lugar em que hoje fica a Igreja do Bom Jesus. Esta capela foi construída pelo bandeirante Domingos Fernandes e seu genro, Cristóvão Diniz. Adotou-se o dia 2 de fevereiro como data de aniversário de Itu, por coincidir com o dia de Nossa Senhora da Candelária.

O povoado se formou em torno desta capela. Os portugueses estabeleceram-se na região em 1610, sendo que a freguesia foi criada em 1653. No ano de 1653, foi elevada a Freguesia de Santana do Parnaíba. Em 1657, foi elevada à categoria de vila, com direito a possuir uma câmara municipal, iniciando-se, assim, a construção de um novo templo. Durante quase 100 anos (de 1657 a 1750), a Vila de Itu não passou de um pequeno núcleo, com menos de 100 casas, concentradas no pátio da antiga Matriz e numa única rua que ia do pátio até a capelinha do primeiro povoado. Uma boa parte das casas, as do pátio, sobretudo, pertencia a fazendeiros.

Quando aumentou a escravatura e a produção das fazendas, seus donos ajudaram a erguer dois conventos na Vila, o de São Francisco (1692) e o do Carmo (1719). Os comerciantes ergueram, em 1726, uma capela, num lugar ainda descampado, a de Santa Rita, inaugurada em 1728. Em 1760, já existiam cerca de 105 casas e mais uma rua, chamada da Palma (atual Rua dos Andradas). Nessa época, Itu se firma como entreposto de comércio na rota entre o sul do país e as regiões mineradoras de Mato Grosso e Goiás. Na vila, as maiorias das casas eram pequenas e habitadas por gente que pouco ou nada possuía. Alguns anos depois, em 1776, com o crescimento das lavouras da cana de açúcar e do algodão, a Vila cresceu, contando com 180 casas, tendo ainda as mesmas ruas de antes. Quem deu vida à localidade foram os artesãos (sapateiros, ferreiros, carpinteiros, tecelões, costureiras e fiandeiras), os quais ocupavam 119 casas. Os comerciantes interessados na venda de tecido, colchas e cobertores para outras regiões, promoveram o cultivo de algodão, e a produção caseira de tecidos. A partir de 1777, a Vila de Itu cresceu em função dos negócios de exportação de açúcar para a Europa.

O número de engenhos de cana e de escravos, vindos da África, se multiplicou. De 1785 a 1792, foram abertas as ruas que descem paralelas, pelas encostas do espigão, e seus prolongamentos pelo lado da Igreja do Patrocínio inaugurada em 1819. Em 1811, foi criada a Comarca de Itu. Império Vista da cidade de Itu, de Miguelzinho Dutra (1851) Itu no século XIX, por Almeida Júnior Recebeu, em 1822, o título de Fidelíssima do imperador dom Pedro I por sua posição a favor da independência. A partir da lista nominativas de habitantes de Itu do ano de 1836, se observou que os grandes engenhos de Itu também continham números consideráveis de produção de milho, sendo importante ressaltar que boa parte desse milho foi produzido nas próprias unidades açucareiras. A título de exemplo, João Tibiriçá, lavrador e morador do quarteirão três do distrito de Indaiatuba, possuía em sua fazenda 84 escravos – maior plantel da vila. Sua fazenda produziu, em 1836, 3.000 arrobas de açúcar, enquanto possuía 1000 alqueires de milho, 300 alqueires de feijão e 80 alqueires de arroz. Seu caso é um exemplo das grandes fazendas de Itu, as quais tinham enormes plantéis de escravos e uma alta produção de açúcar, mas não deixavam de reservar grandes alqueires para produção de alimentos. Estes, no caso, não seriam apenas para o consumo próprio, o que levanta a hipótese da existência de um comércio bastante elaborado de alimentos.[7] Pela Lei Provincial de 5 de fevereiro de 1842, a Vila de Itu foi elevada a cidade. Nessa ocasião, possuía umas 800 casas.

A partir de 1850 e durante anos, Itu foi considerada a cidade mais rica da Província de São Paulo, com importante participação na vida política e econômica. Em 1860, ocorreu uma grande crise no mercado internacional do açúcar. O plantio da cana entrou em decadência, causando, com o tempo, um conflito entre os políticos e os fazendeiros ituanos e o Governo Imperial. Cresceu em Itu o Movimento Republicano que resultou, em 1873, na realização da Primeira Convenção Republicana do país. Início da propaganda republicana, com a criação do Partido Republicano Paulista. Por isso mesmo, Itu é chamada de “Berço da República”.

O açúcar foi sendo gradativamente substituído pelo café. Com o aumento da produção cafeeira, os fazendeiros buscaram, na Europa, a vinda de imigrantes para substituir a mão de obra escrava. O tráfico havia sido proibido em 1850 e a escravatura, abolida em 1888. Com a ajuda do governo republicano, proclamado em 1889 vieram para Itu milhares de imigrantes, a maioria italianos.

A cidade possuía, nesta época, cerca de 1 800 casas.[carece de fontes] Século XX Antiga Estação Ferroviária de Itu O café foi a base da economia do município até 1935, ano da maior produção, decaindo depois, pela concorrência de outras áreas de plantio e pelo esgotamento de suas terras. De 1935 a 1950, Itu quase não cresceu além da área já ocupada. A partir de 1950, novas indústrias vem se instalando no município, principalmente as de cerâmicas.

Ocorreu grande migração rural em busca de trabalhos nas fábricas. Começou novamente a crescer com a abertura de diversos loteamentos na periferia. Itu já não tinha a mesma importância de antigamente, sendo influenciada pela Capital do Estado, já então uma metrópole. O velho centro é a maior e mais importante herança cultural dos tempos da colônia, e passou a ser transformado em centro histórico e área comercial. Após 1970, com a construção da rodovia Castelo Branco, novas indústrias instalaram-se em Itu, principalmente às margens de suas estradas de acesso. Geografia Visitantes no Parque Geológico do Varvito, monumento geológico formado pela sucessão de camadas durante a era glacial Córrego Guaraú próximo da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Canjica em Itu Itu localiza-se a uma latitude 23º15’51” sul e a uma longitude 47º17’57” oeste, estando a uma altitude de 583 metros acima do nível do mar. O clima é subtropical, a temperatura anual é de 20 graus centígrados.

O verão é quente e chuvoso. O inverno é frio e seco. O município está localizado entre o planalto cristalino e o sedimentar. O relevo é suave e com áreas mais elevadas nas regiões limítrofes. O Rio Tietê (região não navegável, devido às corredeiras e poluição elevada) corta da cidade. Itu também possui inúmeras nascentes e fontes de água, entre elas a Fonte Nossa Senhora Aparecida que abastece a indústria Heineken que produz a água mineral Schin, eleita por críticos gastronômicos a melhor do país.[carece de fontes] Itu abriga em seu território a Gruta do Riacho Subterrâneo, coincidentemente a maior caverna em granito do Brasil e Hemisfério Sul e 6ª Maior do Mundo [8], explorada e mapeada pelo Grupo Pierre Martin de Espeleologia [9]. A cidade conta com vários parques urbanos. O Bosque Alceu Geribello, no Bairro Brasil, é pedaço preservado da Mata Atlântica e abriga o Centro de Educação Ambiental Crise hídrica em 2014 Com um histórico secular de falta de água, Itu depende de pequenos afluentes e ribeirões para encher os cinco pequenos reservatórios.[10] Em 2006, a autarquia que administrava o sistema de água e esgoto de Itu (SAAE), foi vendida para a empresa privada Águas de Itu, com o compromisso de resolver o problema de falta de água, trabalhando efetivamente na contenção de perdas e implantação de melhorias no sistema de captação. A situação se agravou com a estiagem em 2014. Em julho de 2014, o Ministério Público manifestou-se orientando a administração pública municipal para que decretasse Estado de Calamidade Pública para que o município pudesse utilizar artifícios emergenciais na busca de uma solução imediata para a cidade, que enfrentava, à época da manifestação do MP, um racionamento de água de mais de seis meses.[11] Demografia Crescimento populacional Censo Pop. %± 1980 74 203 — 1991 107 314 44,6% 2000 135 366 26,1% 2010 154 200 13,9% Paróquia Matriz Nossa Senhora da Candelária Segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2015 a população do município era de 167 095 habitantes,[2] sendo o 47° mais populoso do estado e apresentando uma densidade populacional de 241,01 pessoas por quilômetro quadrado. A população de Itu, aferida no Censo IBGE de 2010, em relação à população aferida no Censo IBGE de 2000 teve um crescimento de 13,9 por cento. Pertencendo à Diocese de Jundiaí, Itu conta com as seguintes paróquias:[12] Segundo o Censo brasileiro de 2010, o catolicismo romano é a principal religião no município, com 105.354 fiéis, ou 68,35% da população. Em seguida, vêm os protestantes (20,86%), irreligiosos (5,34%), espíritas (2,13%), judeus (0,12%), umbandistas (0,10%) e budistas (0,06%).[13] De acordo com o Censo de 2010, a população do município era composta pelo seguintes grupos étnicos: brancos (70,15%), pardos (24,60%), negros (4,47%), asiáticos (0,55%) e indígenas (0,07%). Das pessoas entrevistadas, 0,16% não se declarou pertencente a nenhum desses grupos.[14] Administração Museu Republicano de Itu Prefeitura Prefeito: Guilherme Gazzola (PTB) (2017-2020) Vice-prefeito: Dr. Caio Gaiane (REDE) Câmara de Vereadores Presidente: Givanildo Soares “Giva” (PROS) Vice-Presidente: Dito Roque – (PODE) 1o. Secretário: Mané da Saúde – (PRB) 2o.Secretário: Ricardo Giordani – (PTB) Cidades-irmãs Salto, Brasil Unidade militar Vista aérea do aquartelamento. Ver artigo principal: 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve Em 20 de janeiro de 1918, instalou-se no município, no prédio do antigo Colégio São Luiz, onde funcionava um colégio jesuíta, um quartel do Exército Brasileiro. A Unidade Militar passou por várias denominações ao longo de sua trajetória, sendo hoje o 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve. Ostenta o nome histórico de Regimento Deodoro, uma homenagem ao Marechal Deodoro da Fonseca, proclamador da República, tendo em vista a importância da cidade de Itu no movimento republicano. Nos mais de 100 anos de presença na cidade, os militares desenvolveram uma ligação estreita com a comunidade, ajudando sempre que necessário a população local. Economia Sinaleiro gigante no centro de Itu. A cidade é conhecida pelos exageros. Antiquário no centro histórico O centro comercial de Itu é formado principalmente pelas ruas Floriano Peixoto e Santa Rita, duas das principais ruas da cidade, com outras ruas no entorno, onde se concentram lojas, bancos, lanchonetes e restaurantes. Com o crescimento do comércio, o centro histórico passou a não comportar o movimento, havendo uma expansão para o bairro Vila Nova, com lojas e instituições financeiras. Em 2000, foi inaugurado um novo centro de compras, o Plaza Shopping Itu, com lojas e praça de alimentação com alguns franchisings de lojas e fast-food. Existe ainda outro centro de compras, o Road Shopping, situado na Rodovia Castelo Branco, no km 72, no distrito do Pirapitingui. O shopping conta com mais de 60 lojas, além de um drive-thru de fast-food no estacionamento, com mais de 600 vagas, arena para eventos e área de lazer. A cidade conta ainda com supermercados e hipermercados, entre eles: Extra Hipermercados, Carrefour Bairro, Pão de Açúcar Supermercado, Tenda Atacado, Dia%, Hipermercado Walmart e Supermercados Paulistão e São Vicente. Dentre as indústrias da região, destacam-se: Heineken Brasil, Sapa Aluminium, Starrett, Hewlett Packard, além das empresas japonesas que produzem peças para a Toyota: Sumitomo Corporation do Brasil, Aisin Seiki, Nissim Break, Vuteq e Kanaflex. Estância turística Ver artigo principal: Estância turística (São Paulo) Fazenda Parque Maeda Itu é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de “Estância Turística”, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais. A cidade conta também com vários monumentos históricos, como o Museu da Convenção, a casa onde ficou hospedado dom Pedro II, o famoso Telefone Público, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária, o Semáforo próximo ao orelhão e o Armazém do Limoeiro, entre outras. A Fazenda Parque Maeda é pesqueiro, camping e jardim japonês são atrações fixas. A arena da fazenda sedia grandes shows, como o do Festival de música SWU, entre outras festas eletrônicas. Serviu também de palco para a gravação do 3º DVD do cantor sertanejo Luan Santana; em 2015, sediou o festival de música eletrônica Tomorrowland, com previsão de ser realizado anualmente por mais cinco edições no local.[15][16] Sediou em 2015 a primeira edição no Brasil da Tomorrowland, um dos maiores eventos de música eletrônica do mundo. Infraestrutura Saúde A cidade não possui hospital público, porém, a prefeitura possui e um Upa Unidade De Pronto Atendimento 24Hrs, ainda dois PAM Pronto Atendimento Municipal no Bairro Padre Bento e outro na Parque Industrial, o PAM oferece atendimento em casos de urgência e dependendo da gravidade é transferido para o Hospital São Camilo, além disso dispõe de atendimento odontológico e realização de exames laboratoriais. Para conveniados a cidade possui o Pronto Atendimento da Unimed, Intermédica e CEMIL, atendendo casos de baixa e média complexidade. Para realização de alguns exames ou consultas com médicos o município é servido por 15 UBS Unidade Básica de Saúde. Em 2015, o novo PAM do Parque Industrial foi inaugurado. No mesmo ano, Itu esperava ganhar uma UPA Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, localizada no Jardim Nossa Senhora Aparecida, mas em Dezembro de 2017, a unidade está funcionando 24Hrs. Futuramente a Unimed Salto/Itu deverá construir um hospital para casos de alta complexidade na rodovia que liga as duas cidades. Educação Escola Estadual Regente Feijó O município possui diversas escolas públicas e particulares, em que estão matriculados alunos de vários municípios da região, tais como: E. E. Prof. Antônio Berreta; Colégio Almeida Junior; Colégio Divino Salvador de Itu; Colégio Objetivo; E.E. Prof. Anthenor Fruet (CAIC); EE Prof. Pery Guarany Blackman; EE Dr. Cesário Motta; EE Cícero Siqueira Campos; ETEC Martinho Di Ciero; Instituto Borges de Artes e Ofícios; Colégio Anglo; Senai Ítalo Bologna; Senac Itu; E.E, Francisco Nardy Filho; E.E, Rogerio Lazáro Toccheton e Colégio Integrado Monteiro Lobato. Itu também conta com instituições de ensino superior, tais como: Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP), integrante do Grupo Cruzeiro do Sul Educacional, que conta com mais de 70 cursos de graduação; Faculdade de Tecnologia de Itu (FATEC Itu), primeira faculdade pública da cidade;[carece de fontes]; Faculdade de Direito de Itu (FADITU) e Faculdade de Tecnologia César Lattes (FATECEL/UNIESP, também conhecida como Faculdade Prudente de Moraes – FPM). Transportes SP-75 vista do viaduto da Via Expressa Itu-Salto Locomotiva de comboio que saía sentido Guaianã do pátio da Estação Ferroviária de Itu A cidade é uma das principais centros logísticos paulista por estar bem localizada entre as principais rodovias do estado. A cidade conta com as seguintes rodovias: SP-71 (Rodovia Convenção); SP-75 (Rodovia Archimedes Lammoglia, Rodovia Senador José Ermínio de Moraes e Rodovia Santos Dumont); SP-79 (Rodovia Waldomiro Correa de Camargo); SP-280 (Rodovia Presidente Castelo Branco); SP-300 (Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto e Rodovia Marechal Rondon); SP-308 (Rodovia do Açúcar); SP-312 (Estrada dos Romeiros) e Contorno Viário de Itu – Rodovia Engenheiro Herculano de Godoy Passos (Ligação entre as Rodovias SP-75 e SP-300). Em 2014, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), juntamente com o Ministério das Cidades e o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), estimaram tinha um total de 104 449 veículos entre: carros (66 333); motocicletas (24 010); caminhonetes (8 009); caminhões (3 351); caminhão trator (869); utilitários (707); ônibus (667); micrônibus (471); tratores (32).[17] A cidade de Itu é servida por uma rede de linhas de ônibus urbanos, operadas por duas empresas: Avante e Viação Itu (VITU), ambas controladas pelo Grupo Sambaíba de São Paulo, além das linhas Suburbanas. A Rodoviária de Itu localiza-se no centro da cidade e é servida por linhas que ligam a cidade a São Paulo, Jundiaí, Piracicaba, Indaiatuba, Itapetininga e Campinas, entre outras cidades. Ônibus com destino ao Nordeste e ao Paraná também param na estação rodoviária de Itu. Em seu terminal, partem linhas suburbanas das seguintes empresas: VB Transportes e Turismo (Salto, Porto Feliz e Boituva), Rápido Campinas (Sorocaba, Araçariguama e Mairinque – bairro Dona Catarina) e VITU (Cabreúva). A ferrovia chegou a Itu no ano de 1873, quando a estação local foi inaugurada. Nela, paravam os trens que ligavam Mairinque a Campinas, que também atendiam às cidades de Salto e Indaiatuba. Com a inauguração de uma nova via férrea entre Mairinque (bairro do Pantojo) e Campinas (bairro do Boa Vista) em 1987, a estação e a ferrovia que cortava o centro de Itu foram desativadas e os trilhos, retirados. Hoje, a estação pertence à prefeitura local. Há um projeto de entrar em funcionamento uma linha ferroviária chamada Trem Republicano, que levará turistas por um passeio entre Itu e Salto. A cidade conta com um aeroclube, com pista para pequenas aeronaves. O Aeródromo Municipal “Alberto Bazaia” ou Aeroclube de Itu, foi criado em 1939, e hoje está instalado no km 22,5 da Rodovia SP-75 (Rodovia do Açúcar). O Aeroporto Internacional de Viracopos em Campinas, está a 39 km do centro de Itu, sendo acessado pela rodovia SP-75. Comunicações A cidade era atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB), que construiu em 1970 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1973[18] passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que em 1998 foi privatizada e vendida para a Telefônica[19], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[20] para suas operações de telefonia fixa. Cultura Espaços culturais Museu de Energia no Eixo Histórico de Itu. A cidade conta com vários espaços e centros culturais. O prédio do Espaço Cultural Almeida Júnior foi construído por barões ituanos, sedia o Museu de Arte Sacra, o Museu e Arquivo Histórico Municipal de Itu, a Biblioteca Municipal, e é também um espaço para exposições e eventos. O Espaço Cultural Fábrica São Luiz abriga exposições temporárias e eventos, sendo que seu edifício foi inaugurado em 1869 e abrigou a primeira fábrica de tecidos movida a vapor. A Fábrica de Arte Marcos Amaro (FAMA), localizada na região central, é uma instituição cultural que abriga o acervo do colecionador e artista Marcos Amaro, além de promover exposições, residências artísticas, projetos e editais. A cidade é conhecida como “Roma Brasileira” e abriga o melhor do barroco paulista, destacam-se na região central: a Matriz de Nossa Senhora da Candelária, Bom Jesus, Santa Rita, São Benedito, Carmo e Patrocínio; O Museu da Energia tem fachada em azulejos portugueses, conta história da evolução e distribuição da energia no país. O Museu Republicano de Itu sediou a reunião que efetivou as bases do Partido Republicano Paulista e que deu a Itu o título de “Berço da República”. Esportes Itu é sede do Ituano Futebol Clube, fundado em 24 de maio de 1947. Suas cores são rubro-negras. Seu apelido é Galo de Itu devido a seu mascote. Atualmente disputa a Série A1 do Paulistão e a Copa Paulista. Seus principais títulos são o Campeonato Brasileiro – Série C, obtido em 2003, e o Paulistão Série A1 conquistado em 2002 e 2014. O Ituano manda seus jogos no Estádio Novelli Júnior, que tem capacidade para 16 789 espectadores sentados. Vista aérea do estádio Novelli Júnior. O Estádio Municipal Doutor Novelli Júnior foi inaugurado em 25 de maio de 1947, e oficialmente reinaugurado em 28 de março de 1954 com o jogo Ituano 5 a 2 Batatais. Até o ano de 1976, o estádio era conhecido apenas como “Estádio Municipal de Itu”. Foi só no dia 10 de novembro daquele ano que a instalação esportiva passou a homenagear Luís Gonzaga Novelli Júnior, proeminente político ituano. Durante as décadas de 1980 e 1990, o estádio (que teve a capacidade ampliada) foi palco de jogos profissionais e amadores da cidade. Em 2010 o Novelli Júnior passou por uma grande reforma e sua capacidade foi ampliada de cerca de 16.000 lugares para 18.652 lugares com cadeiras. Em 2014 a capacidade foi reduzida para 16.789 lugares devido a construção de novas escadas. Hoje o Novelli Júnior é um dos estádios mais modernos do interior paulista além de ser o maior estádio da Região Metropolitana de Sorocaba. O Kartódromo Arena Brasil Kirin (anteriormente Arena Schincariol) teve suas obras iniciadas em 1992 e foi inaugurado em 23 de abril de 1994 com a presença ilustre do ex-piloto Nelson Piquet. Grandes nomes do automobilismo nacional já passaram pelo local, entre eles Rubens Barrichello, Luciano Burti e Átila Abreu. Atualmente o kartódromo se localiza em uma área com 1 milhão de metros quadrados, a pista tem 1.240 metros de extensão por 7 de largura, 10 boxes e arquibancadas para cerca de 20.000 pessoas (sendo 1.500 lugares cobertos), estacionamento para 1.350 veículos, podendo receber, além de competições, eventos como rodeio e shows musicais. O Kartódromo se localiza no km 111 da SP-300, sentido Porto Feliz.[21] Ver também São Paulo Interior paulista Paulistas de Itu Lista de municípios do Brasil acima de cem mil habitantes Pirapitingui Referências Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 «São Paulo_Itu». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 13 de janeiro de 2016 «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de agosto de 2013 «Produto Interno Bruto dos Municípios 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 14 de janeiro de 2016 «Temer deve transferir a capital do Brasil para Itu no feriado». Folha de S.Paulo NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 79. NICOLETTE, Carlos Eduardo (2018). «A vila de Itu sob o olhar da Demografia Histórica: Lista Nominativa de Habitantes de 1836». Ensaios de História. Consultado em 23 de maio de 2018 «Gruta do Riacho Subterrâneo (Maior caverna em granito do Brasil e Hemisfério Sul e 6ª maior do Mundo». Consultado em 1 de Junho de 2015 «Grupo Pierre Martin de Espeleologia». Consultado em 1 de Junho de 2015 Rose Ferrari (Abril de 2010). «São Pedro não tem culpa». Revista Campo & Cidade. Consultado em 1 de abril de 2010 Portal R7 (29 de julho de 2014). «MP recomenda estado de calamidade pública em Itu por falta de água». Rede Record. Consultado em 29 de julho de 2014 http://www.dj.org.br/paroquias/itu/ «População residente, por situação do domicílio, sexo, grupos de idade e religião». IBGE – Censo Demográfico. 2013. Consultado em 15 de outubro de 2014 «População residente por cor ou raça, sexo, situação do domicílio e grupos de idade – Amostra – Características Gerais da População». IBGE – Censo Demográfico. Consultado em 15 de outubro de 2014 G1. «Tomorrowland 2015 será realizado em Itu, SP». Consultado em 20 de julho de 2014 jovempanfm. «TOMORROWLAND TEM MAIS CINCO EDIÇÕES CONSECUTIVAS CONFIRMADAS NO BRASIL». Consultado em 11 de maio de 2015 «Frota municipal de veículos». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 17 de agosto de 2015 «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo «Nossa História». Telefônica / VIVO GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 Site Oficial. «História Arena Brasil Kirin». Consultado em 20 de julho de 2014. Arquivado do original em 29 de julho de 2014 Bibliografia NICOLETTE, Carlos Eduardo. A vila de Itu sob o olhar da Demografia Histórica: Lista Nominativa de Habitantes de 1836. Franca: Revista Ensaios de História, pp. 111-141, 2018. SAMARA, Eni de Mesquita. Lavoura canavieira, trabalho livre e cotidiano: Itu, 1780-1830. São Paulo: Edusp, 2000. Ligações externas O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Itu «Página da prefeitura» «Página da Câmara de Vereadores da Estância Turística de Itu» «Itu no WikiMapia» «Museu Republicano “Convenção de Itu”» «Dados do IBGE de Itu» «1º Tabelião de Notas e Protesto de Itu» [Expandir]vde BandeiraSorocaba.svg Região Metropolitana de Sorocaba [Expandir]vde São Paulo [Expandir]vde Bandeira de São Paulo Telecomunicações em São Paulo Controle de autoridade Wd: Q957653WorldCatVIAF: 141909991GEC: 0451645OSM: 298216MusicBrainz: IDWOEID: 455963GeoNames: 3460535 Portal do Brasil Portal de São Paulo Categorias: ItuFundações no Brasil em 1610Municípios históricos do Brasil Esta página foi editada pela última vez às 00h33min de 27 de junho de 2021. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de utilização  História Empresários da Estrada de Ferro Sorocabana, estabelecida em Itu, fundaram em 24 de Maio de 1947 a Associação Atlética Sorocabana. Em 1960, o clube mudou o nome para Ferroviário Atlético Ituano, e em 1990 mudou seu nome para Ituano Futebol Clube. Em 1977, Sérgio Fioravante, Otávio Boni, José Cláudio Carneiro (ex-ponta direita do bicampeão Clube Atlético Ituano), Vicente Elias Schanoski, Chiquito Pezzodipane e outros, unificaram o futebol da cidade em torno do Ferroviário Atlético Ituano – (FAI) e reativaram a Liga Ituana de Futebol, e em 1978, o clube jogou a Terceira divisão da Federação Paulista de Futebol do Campeonato Paulista. A equipe de Itu começa a empolgar a torcida a partir de 1984, realizando boas campanhas na Segunda divisão estadual, enchendo o Estádio Municipal Novelli Junior. Em 1989, o então Ferroviário é Campeão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, ascendendo a divisão principal no ano seguinte – com o técnico Marcos Guerra.[3] Essa campanha movimenta a cidade de Itu, pois pela primeira vez as grandes equipes do estado iriam jogar na cidade. Para homenagear o feito, o comediante Simplício da A Praça é Nossa criou um personagem chamado Rosauro,um garoto que vem com um boné e uma camisa do time em suas aparições no humorístico. No início dos anos 1990, o Ituano revelou o seu maior jogador, o meia Juninho Paulista, atualmente seu Gestor, que posteriormente foi vendido ao São Paulo. Após descessos e acessos, em 1999 o Galo passa a ser administrado pelo empresário Oliveira Junior. Com isso, o clube passa a contar com uma melhor estrutura, e forma uma equipe competitiva em 2001, conquistando novamente o acesso à divisão principal do estadual. No ano seguinte, o Galo de Itu consegue o seu maior feito na História até então: conquista o Campeonato Paulista, mas sem a participação dos grandes clubes da capital paulista, que disputavam o Torneio Rio-São Paulo. Em 2002, mantendo-se na linha de conquistas, o Ituano conquista a Copa Paulista, e em 2003 o Campeonato Brasileiro da Série C. O Ituano ainda realizou boas campanhas nos campeonatos Paulista e Brasileiro Série B em 2004. Mas a partir de 2005 o clube teve resultados modestos, até o final de 2006, quando Oliveira se retira do Ituano. Com a saída dele, o Ituano passou a entrar em uma grande decadência. A partir de 2007, o Ituano FC entra numa nova fase, com a volta de alguns dirigentes do Ituano antes da era Oliveira. No início do Campeonato Paulista, o Ituano realiza uma boa campanha, surpreendendo a imprensa esportiva, mas a equipe é desintegrada na metade do campeonato, e o Galo termina a competição na modesta 11º colocação, ficando de fora inclusive da disputa do Campeonato do Interior, sendo que posteriormente acaba rebaixado para a Série C. Em 2008, o Galo firma parceria com a Traffic. A principio a parceria dá certo, e a equipe chega às semi finais do Interior, sendo eliminada após dois empates com o posteriormente campeão Barueri. A empresa montou um time fraco na série C e, na segunda fase, a equipe acabou rebaixada para a Série D. Em 2009, com um time do nível da série C, a equipe lutou para não cair no Paulistão, se livrando apenas na última rodada. Após isso, a Traffic e o clube rescindiram o contrato, e o clube foi assumido administrativamente pelo ídolo Juninho Paulista. Com um time de jovens, não conseguiu passar da primeira fase na série D, porém fez uma boa campanha na Copa Paulista. Em 2010, a equipe do Ituano não disputou nenhum Campeonato Nacional, foi o 13° colocado no Campeonato Paulista, competição em que foi campeão em 2002, e acabou sendo eliminado na segunda fase da Copa Paulista, no dia 7 de abril de 2010, O grande ídolo do Ituano, Juninho Paulista se aposenta e passa a apenas comandar a gestão o Clube. Em 2011, apesar da grande expectativa do torcedor, o Ituano vinha com um plantel muito limitado para a disputa da A1, e, somando ao fato de não poder jogar em Itu (o estádio Novelli Júnior se encontrava em reforma desde o meio de 2010). O rubro-negro lutou contra o rebaixamento do início ao final do Paulistão. Entrou na última rodada dependendo de uma vitória frente ao Noroeste e de uma derrota do São Bernardo para a Portuguesa para permanecer na primeira divisão o time, então, conseguiu o feito de sair na última rodada. No segundo semestre, fez uma campanha praticamente perfeita na primeira fase da Copa Paulista, mas a segunda fase foi muito difícil para o time de Itú que não conseguiu avançar. Em 2012 anunciou boas contratações para o Paulistão, como Otacílio Neto e Evando, porém a equipe não deslanchou e após a 9ª rodada se encontrava na lanterna da competição somando apenas 5 pontos. O Galo desta vez parecia que não resistiria à briga contra o rebaixamento, mas só foi chegar o treinador Roberto Fonseca no lugar de Ruy Scarpino, além de alguns reforços importantes como Jancarlos, Elton, Davi Ceará, e um dos destaques da equipe na segunda metade da competição, Adaílton que, finalmente, a equipe deu liga. Nas 10 rodadas seguintes o Galo fez uma boa campanha, conquistando mais 15 pontos e chegando na última rodada sem chances de rebaixamento. Brigou até o final por uma vaga na Série D e também por uma vaga nas finais do Interior, mas teve de se contentar com a permanência na elite paulista. Em 2013 a história fatalmente se repetiu. O Ituano tinha como um dos objetivos a classificação para a Série D, mas essa conquista novamente não veio e o time lutou para não ser rebaixado. Com um segundo turno muito ruim, o Galo chegou na penúltima rodada na zona do rebaixamento e com uma tabela nada agradável: Enfrentaria o maior rival Paulista em Jundiaí e o Palmeiras em Itu. Os 6 pontos eram obrigatórios caso o Ituano quisesse permanecer na elite. E eles vieram. Num jogo emocionante, o Ituano ficou duas vezes atrás do placar mas conquistou uma virada heroica em pleno Jayme Cintra, e venceu mais uma Briga de Galo na história do campeonato Paulista. Assim, chegou na última rodada dependendo somente de si, pois contou com um tropeço do Mirassol e escapou da zona. Porém, na derradeira partida enfrentaria o Palmeiras, que lutava por uma melhor colocação no G8. O Galo abriu o placar na metade da etapa final, porém tomou o empate um minuto depois. O 1–1 até então livrava o Ituano do descenso, pois o Mirassol também estava empatando. Mas a história mudou. Logo após o gol do Palmeiras, o Mirassol abriu o placar de sua partida, e ainda marcou mais dois gols. Com o 1–1 em Itu e o 3–0 em Mirassol, a equipe amarela permanecia na elite enquanto o Galo estava sendo rebaixado. A torcida ituana, que de maneira surpreendente lotou o Novelli Júnior (cena que não se repetia a 9 anos desde o fracasso na série B de 2004 frente ao Fortaleza)empurrou a equipe durante os minutos finais. Com o rebaixamento praticamente sacramentado, o Ituano nada podia fazer a não ser atacar o Palmeiras. Quando muitos já choravam a queda e poucos ainda acreditavam, Fernando Gabriel arriscou de fora da área um chute despretensioso aos 46 minutos do segundo tempo. O goleiro Bruno rebateu a bola que apareceu nos pés de Marcão, prata da casa, que de maneira heroica finalizou para o fundo do gol e livrou o Ituano de mais um rebaixamento no último ato do campeonato (o quarto desta maneira nos últimos cinco anos). Na Copa Paulista o Ituano fez uma primeira fase muito boa, e mais uma vez chegou à segunda fase. Diferentemente dos outros anos, desta vez o Galo continuou firme e conquistou a classificação para as quartas de final. Depois de 10 anos o Galo voltaria a disputar um título. Mas o sonho durou pouco. Foi eliminado pelo XV de Piracicaba de maneira triste em Itu, sofrendo o gol da desclassificação aos 40 minutos da segunda etapa. Escudo Antigo Em 2014 o Ituano, sob o comando do técnico Doriva, conquistou o bicampeonato Paulista. Só que, desta vez, ao contrário de 2002, o Galo de Itu enfrentou, como supracitado, grandes do Estado. Fazendo boa campanha na primeira fase passou em 2º no grupo B deixando o Corinthians fora da fase de mata-mata, nas quartas de final em jogo único a equipe empatou em 0–0 com o Botafogo em Ribeirão Preto, vencendo nos pênaltis por 4–1, na semi-final também em jogo único surpreendeu o Palmeiras no Pacaembu vencendo por 1–0 com o gol de Marcelinho. Na final disputada em dois jogos, ambos no Pacaembu, o Ituano levou a melhor diante do Santos, vencendo o primeiro jogo por 1–0 com o gol de Cristian, na partida de volta o Santos devolveu o placar, nas penalidades o Ituano venceu por 7–6 e sagrou-se campeão paulista pela segunda vez em sua história, tornando-se o único time do interior bicampeão do estado. Em 2019, após 11 anos, o Galo subiu pra Série C após vencer o jogo de ida nas quartas contra o Itabaiana por 3-1, no jogo de volta, perdeu de 1-0 mas conseguiu o acesso.[4] Rivalidades O Ituano possui dois grandes rivais: o Paulista de Jundiaí, com quem protagoniza o clássico Briga de Galos, e o São Bento, da cidade de Sorocaba, com quem protagoniza o clássico Itubento. Outro grande rival é a Ponte Preta, da cidade de Campinas. Títulos Nacionais Competição Títulos Temporadas Taça Série C 2019 B.jpg Campeonato Brasileiro – Série C 1 2003 Estaduais Competição Títulos Temporadas 0-esp.png Campeonato Paulista 2 2002 e 2014 0-esp.png Campeonato Paulista do Interior 1 2017 0-esp.png Copa Paulista 1 2002 0-esp.png Campeonato Paulista – Série A2 1 1989 Conquistas internacionais Itália Troféu Angelo Dossena (ITA): 2001 Suíça Torneio U-19 – Altstätten (SUI): 2002 Suíça Sempione Cup – Suíça (SUI): 1999 Categorias de base São Paulo Campeonato Paulista – Sub-20: 1993 São Paulo Campeonato Paulista – Série A2: 1995 Campanhas de destaque Ituano Futebol Clube Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado Brasil Campeonato Brasileiro – Série C 1 (2003) Brasil Campeonato Brasileiro – Série D 1 (2019) São Paulo Supercampeonato Paulista 1 (2002) São Paulo Copa Paulista 1 (2002) 3 (1999, 2003 e 2015) 1 (2004) São Paulo Campeonato Paulista – Série A2 1 (1989) 1 (1997) 1 (2000) 2 (1996 e 2001) Estatísticas Participações Participações em 2020 Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última A Aumento R Baixa São Paulo Campeonato Paulista 28 Campeão (2002 e 2014) 1990 2021 2 Série A2 13 Campeão (1989) 1982 2001 3 – Copa Paulista 16 Campeão (2002) 1999 2018 Brasil Série B 4 6º colocado (2004) 2004 2007 – 1 Série C 9 Campeão (2003) 1994 2021 1 – Série D 5 3º colocado (2019) 2009 2019 1 Copa do Brasil 4 Oitavas de final (2005 e 2015) 2003 2018 Últimas dez temporadas Últimas dez temporadas do Ituano Futebol Clube Brasil Nacionais Flag of the United Nations.svg Internacionais São Paulo Estaduais Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continentais / Mundial Campeonato Paulista Copa Paulista Ano Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima 2011 D Não classificado — — — A1 16º 2F 2012 D Não classificado — — — A1 14º 2F 2013 D Não classificado — — — A1 14º R16 2014 D 12º 16 10 5 1 4 11 9 — — — A1 1º — 2015 D Não classificado R16 — — A1 12º F 2016 D 6º 19 12 6 1 5 23 14 — — — A1 10º 1F 2017 D 39º 8 6 2 2 2 4 4 — — — A1 9º — 2018 D Não classificado 1F — — A1 10º 2F 2019 D 3º 27 14 8 3 3 22 9 — — — A1 8º — 2020 C 8º 34 24 9 7 8 35 30 — — — A1 13º — 2021 C A disputar — — — A1 10º — Legenda: Campeão Vice-campeão Eliminado nas semifinais Campeão e promovido à divisão superior Vice-campeão e/ou promovido à divisão superior Rebaixado à divisão inferior Classificado à fase de grupos da Copa Libertadores Classificado à fase preliminar da Copa Libertadores Classificado à Copa Sul-Americana Campeão do Campeonato do Interior Retrospecto em competições oficiais Última atualização: Série C de 2020, 6ª rodada da fase final. Competição Temporadas Títulos Pts. J V E D GP GC Brasil Série B 4 — 164 126 43 35 48 171 177 Série C 8 1 129 98 36 27 35 116 107 Série D 5 — 74 48 21 11 16 65 45 Estádio O Estádio Municipal Doutor Novelli Júnior (o majestoso da Vila Nova), ou simplesmente Novelli Júnior, é um estádio de futebol localizado na cidade de Itu, no estado de São Paulo, é a casa do Ituano Futebol Clube e tem capacidade para 19.000 pessoas. Foi inaugurado em 25 de maio de 1947 e seu gramado mede 106 x 70 m. Foi reformado em 2011, tendo sua capacidade aumentada e se tornando um dos estádios mais modernos do estado de São Paulo, contando com 17.337 mil assentos. Mascote O Mascote do clube é um galo vestindo o uniforme do time. Esse apelido se deve ao fato de em 1957, a Sorocabana travar um batalha contra o forte Clube Atlético Ituano (bicampeão da terceira divisão em 1954-55, que não tem nenhuma ligação com o Ituano FC atual), valendo o titulo da Taça Cidade de Itu. Na ocasião, a Sorocabana perdeu, mas seus torcedores afirmaram que o time brigou como um Galo, e assim, nasceu o apelido. Jogadores históricos Brasil Ezequiel Brasil Juninho Paulista Brasil Amaral Brasil Anderson Salles Brasil Batoré Brasil Elicarlos Brasil Paulo César Cruvinel Brasil Gabriel Martinelli Brasil Django Brasil Bebeto Brasil Richarlyson Brasil Batata Brasil Aderaldo Brasil Pierre Brasil Chiquinho Brasil Alfinete Brasil Victor Brasil Clodoaldo Brasil Hermes Brasil Vagner Brasil Vinícius Brasil Corrêa Ranking da CBF Ranking atualizado em Fevereiro de 2021 Posição: 66º Pontuação: 1175 pontos Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol para pontuar todos os clubes do Brasil.[5] Ver também Categoria A Wikipédia possui a categoria: Ituano Futebol Clube Itu Clube Atlético Ituano Referências http://laudosestadios.fpf.org.br/Laudo%20Engenharia-Itu%20-Est.Mun.Dr.Novelli%20Jr.-05-07-21.pdf CBF (1 de março de 2021). «RNC – Ranking Nacional dos Clubes 2021» (PDF) Terceiro Tempo Acessado em 18/11/13 «Ituano leva a melhor sobre Itabaiana-SE e está na Série C de 2020 – Futebol Interior». m.futebolinterior.com.br (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2019 Ranking da CBF 2019: Palmeiras lidera lista; Cruzeiro é segundo Ligações externas [2] [Expandir]vde Ituano Futebol Clube [Expandir]vde Campeonato Brasileiro de Futebol – Série C [Expandir]vde São Paulo Futebol de São Paulo Categoria: Ituano Futebol Clube Esta página foi editada pela última vez às 14h43min de 9 de setembro de 2021. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de utilização. A cidade de Itu tem uma população estimada de 163.882 (IBGE/2013) e possui área de aproximadamente 640 km². Com setores industrial e comercial amplamente desenvolvidos e fundamentais para a economia local, Itu se destaca também como Estância Turística e atrai visitantes durante o ano todo, seja por sua fama de Terra dos Exageros (dada pelo humorista ituano Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício), seja por seu inestimável patrimônio histórico, cultural, religioso, ambiental e arquitetônico. História A construção de uma capela, em 1610, onde hoje se encontra a Igreja do Bom Jesus, foi o grande marco de fundação de Itu. Na época, o bandeirante Domingos Fernandes, juntamente com seu genro, Cristóvão Diniz, ergueu o local para devoção a Nossa Senhora da Candelária, que mais tarde se tornaria Padroeira do município. A Vila de Itu foi elevada à categoria de cidade em fevereiro de 1842 e, no mesmo ano, participou ativamente da revolução liberal que eclodiu em várias partes do país, organizando uma força de 300 homens, junto à tropa de Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar. A participação de Itu na política Nacional teve também grande destaque na Magna Convenção do Partido Republicano em 1873, nela realizada. O desenvolvimento econômico deu-lhe a condição de maior produtora de cana de açúcar durante o período Imperial. Também teve destaque no ciclo do café, que foi a atividade base do município até 1935, estimulando a vinda de imigrantes, em especial, italianos. A partir de 1850 e durante anos, Itu foi considerada a cidade mais rica da Província de São Paulo, com importante participação na vida política e econômica. Em 1869, instalou-se a primeira fábrica de tecidos de algodão, sendo a primeira movida a vapor da Província de São Paulo. Mas foi só a partir de 1950, que várias fábricas começaram a se instalar na cidade. Dados DDD: (11) Área: 642 Km² Altitude: 583m CEP: 133000-000 Clima – Tropical Bioma – Mata Atlântica Relevo – Situa-se entre o planalto cristalino e o sedimentar. Possui vestígios de cidade arqueozóica. Relevo de colina suave e nas regiões limítrofes algumas altitudes. Banhada pelo Rio Tietê e alguns outros de menor extensão como o Itaim Mirim, Itaim Guaçu e Braiaiá. Feriados Municipais 02 de Fevereiro (Aniversário da Cidade) 20 de Novembro (Dia da Consciência Negra) Distâncias (km): Salto – 08 Porto Feliz – 20 Sorocaba – 39 Campinas – 47 Jundiaí – 49 São Paulo – 101 , Desentupidora em Itu Aqui você vai descobrir profissionais responsáveis e experientes que estão a sua inteira disposição caso necessite urgentemente fazer um desentupimento. A nossa empresa desentupidora em Itu, oferece tais serviços de extrema qualidade e eficiência. O ramo de desentupimento trabalha desentupindo várias coisas, lugares e locais desde casa, apartamentos, empresas e muito mais. Não tente sozinho, existem problemas que na verdade, só podem ser resolvidos por um profissional experiente, e que esteja com ferramentas eficientes em mãos. A experiência e ferramentas forjadas, nas mãos de quem tem a capacidade e competência necessária, fará a diferença no momento em que você necessitar de um desentupimento na região de ituana. Desentupidora Ligue Agora 15 9881 90139 WhatsApp Online Desentupidora em Itu: Limpa Fossa, Esgoto, 24 horas Normalmente os serviços mais procurados nessa ou em qualquer região são, os serviços de desentupimento de: Fossa Realizamos o serviço de limpa fossa em Itu. Esgoto Fazemos a limpeza, desentupimento do seu esgoto em Itu. Desentupidora 24 horas Oferecemos o serviço de desentupidora 24 horas em Itu Limpa Fossa Itu Fossa Também chamado de “limpa-fossa” é um tipo de trabalho relacionado aos serviços oferecidos, de uma empresa desta especialidade. O que é na verdade a limpeza de fossa? Como o próprio nome diz, é limpar uma fossa, usando as ferramentas e as técnicas necessárias, para que a fossa fique de fato limpa. Limpa fossa Desentupimento de Esgoto É na verdade bem confundido com a fossa, mas rede de esgoto na verdade é uma maneira, meio pelo qual acontece sanidade básica. É o deslocamento dos líquidos que vem do banho, descargas, pias até as estações de tratamento. A empresa faz o serviço de desentupimento de esgoto, quando necessário de maneira simples e eficaz. Desentupidora de Esgoto Desentupimento de Esgoto em Itu Limpa Fossa Itu Desentupidora 24 horas Muitas e muitas, vezes esse problema pega agente desprevenido, é ou não é verdade? No momento de um banho, de uma descarga. Isso pode ocorrer em qualquer horário do dia, seja em um horário comercial ou não! Por isso, praticamente todas as as empresas da área, oferecem o serviço de desentupidora 24 horas, onde você poderá solicitar o comparecimento do profissional, com suas ferramentas a qualquer dia e qualquer hora, no caso de uma emergência. Desentupidora 24 horas Desentupimento em Itu, limpa fossa, Esgoto, 24 na região Desentupidora Região de Itu É importante frisar que, nosso trabalho, apesar de ser local, não atendemos SOMENTE, na cidade de itu, ou seja, trabalhamos também oferecendo nossos serviços nas cidades circunvizinhas, tais como: Desentupidora em Salto Desentupidora em Itupeva Desentupidora em Indaiatuba Conclusão: Desentupidora em Itu Temos tudo o que você precisa para fazer um desentupimento de qualidade! Nossos profissionais estão atuando no ramo a mais de 10 anos, e tem a competência necessária para atender a demanda do seu serviço. Além de poder fazer um acompanhamento de sua fossa, esgoto, encanamento, recomendando e orientando, sobre quando será importante fazer uma limpeza novamente, a fim de evitar grandes transtornos futuros. Você deseja contratar um desentupidor em Itu? Desentupidora Itu: Desentupimento, Fossa, Esgoto, 24 horas Então fale conosco agora! Deixamos disponíveis nossos telefones de contato e formulário de orçamento para que possamos cotar o preço de antemão. Todas as maneiras mais fáceis de interação e contratação temos em nossa página, que na verdade está voltada para ajudar você a encontrar um desentupidor em Itu, que acima de tudo seja competente, tenha a experiência necessária, para resolver seu problema de entupimento. Quanto custa? Quando se fala de preço, é importante saber que cada empresa tem uma política de preços e cobrança, algumas cobram mais, e outra menos, mas, mesmo assim, dá para se ter uma noção de como e quanto é cobrado para o serviço. O custo gera em torno de R$ 200,00 (2020) mas, é importante lembrar que o preço varia de acordo com a metragem da obstrução. De quanto em quanto tempo é necessário para fazer a limpeza de uma fossa? Não tem como afirmar nada pois, isso depende de como é usada, o tamanho, e o que é despejado nela, ou seja, é necessário obter a avaliação de um profissional especialista, para pré-determinar a limpeza de cada caso. Mas, mesmo assim, normalmente é recomendado que se limpe de 3 em 3 anos segundo alguns especialistas gabaritados. Atendimento 24 horas 7 dias por semana inclusive feriados. Atendemos: Residências, indústrias, empresas, órgãos públicos etc. Peça já seu orçamento, é GRATUITO! Desentupidora de Esgoto em Itu Desentupidora de Ralo em Itu Desentupidora de Vaso em Itu Desentupidora de Pia em Itu Desentupidora caixa de gordura em Itu Desentupidora de caixa de Esgoto em Itu Desentupidora de caixa de Inspeção em Itu A empresa Situada na Cidade de Itu – A Desentupidora Itu é especialista em desentupimento, hidrojateamento, auto vácuo, dedetização, descupinização e desratização. Missão Atender as expectativas de todos os clientes, colaboradores e fornecedores. Visão Ser a melhor nos serviços prestados. Valores Respeito ao meio ambiente, integridade, responsabilidade, sinergia, pontualidade, aprimoramento técnico, inovação, ética e discrição. Serviços A Desentupidora Itu atua em diversos segmentos do mercado e está pronta para atender as demandas com agilidade e pontualidade. Cada serviço é único, por isso, é essencial a inspeção no local a ser trabalhado, assim, classificamos o equipamento a ser utilizado. Possuímos frota própria com maquinários de pequeno, médio e grande porte. Posteriormente entregamos as opções mais efetivas para a solução do caso. Desentupidora de Esgoto em Itu Desentupidora de Ralo em Itu Desentupidora de Vaso em Itu Desentupidora de Pia em Itu Desentupidora caixa de gordura em Itu Desentupidora de caixa de Esgoto em Itu Desentupidora de caixa de Inspeção em Itu Esgotamento de fossas em Itu Esgotamento de caixas de gordura em Itu Esgotamento de Poços de recalque em Itu Esgotamento de tanques industriais em Itu Esgotamento de tanques de decantação etc. Para os serviços de esgotamento somos responsáveis pela coleta, transporte e destino final dos resíduos, por isso, possuímos o CADRI (Certificado de Aprovação para Destinação de Resíduos Industriais e Residenciais). Hidrojateamento de colunas de destilação, Hidrojateamento de decantadores, Hidrojateamento de esgotos industriais, Hidrojateamento de tanques de tratamento, Hidrojateamento de trocadores de calor, Hidrojateamento de evaporadores, Hidrojateamento de tubulações diversas etc. Para os serviços de Hidrojateamento a alta pressão utilizamos um sistema de envio de água que possuem bicos na ponta, com aberturas cuja função é acelerar a velocidade do líquido. O sistema de hidrojateamento inclui: bomba (produtor de pressão), mangueiras, lanças, bicos, válvulas e dispositivos de segurança. Assepsia de caixas d’águas e reservatórios: É necessário seguir a norma técnica utilizando produtos químicos com o cuidado adequado para manter as condições mínimas de qualidade para a água ali armazenada. Desentupidora em Alto Desentupidora em Área Rural de Itu Desentupidora em Braiaia Desentupidora em Canguiri Desentupidora em Centro Desentupidora em Chácara Carolina Desentupidora em Chácara Flórida Desentupidora em Chácara Palma Desentupidora em Chácara São João Desentupidora em Chácara Sete Quedas Desentupidora em Chácaras Agrícolas Bandeirantes Desentupidora em Chácaras Reunidas Ipê Desentupidora em Condomínio Fechado Bothanica Itu Desentupidora em Condomínio Residencial Mont Blanc Desentupidora em Cruz das Almas Desentupidora em Estância Vila Verde Desentupidora em Fazenda Vila Real de Itu Desentupidora em Granjas Bela Vista Desentupidora em Itaim Desentupidora em Itaim Guaçu Desentupidora em Itaim Mirim Desentupidora em Jardim Alberto Gomes Desentupidora em Jardim Convenção Desentupidora em Jardim Corazza Desentupidora em Jardim do Estádio Desentupidora em Jardim Emicol Desentupidora em Jardim Estância Bom Viver Desentupidora em Jardim Madre Paulina Desentupidora em Jardim Oliveira Desentupidora em Jardim Padre Bento Desentupidora em Jardim Paulista Desentupidora em Jardim Paulista II Desentupidora em Jardim Pedreira Desentupidora em Jardim Residencial Itaim Desentupidora em Jardim Santa Tereza Desentupidora em Jardim Santana Desentupidora em Jardim São José Desentupidora em Jardim Vila Verde I Desentupidora em Jardim Vila Verde II Desentupidora em Kurumin Desentupidora em Liberdade Desentupidora em Loteamento Residencial Parque Terras de Santa Cecília Desentupidora em Loteamento Residencial Vila das Hortênsias Desentupidora em Nossa Senhora Aparecida Desentupidora em Núcleo Industrial Jardim Porto Seguro Desentupidora em Parque das Indústrias Desentupidora em Parque das Rosas Desentupidora em Parque do Varvito Desentupidora em Parque Industrial Desentupidora em Parque Nossa Senhora da Candelária Desentupidora em Parque Residencial Guitti Desentupidora em Parque Residencial Mayard Desentupidora em Parque Residencial Potiguara Desentupidora em Parque Residencial Presidente Médici Desentupidora em Pinheirinho Desentupidora em Portal da Vila Rica Desentupidora em Progresso Desentupidora em Rancho Grande Desentupidora em Residencial Dona Lila Desentupidora em Residencial Dona Tonica Desentupidora em Residencial Itaim II Desentupidora em Residencial Rio Araguaia Desentupidora em Residencial Sete Quedas Desentupidora em Residencial Veneto Desentupidora em Santa Inês Desentupidora em Taperinha Desentupidora em Terras de Santa Carolina Desentupidora em Terras de Santa Carolina II Desentupidora em Varejão Desentupidora em Vila Bandeirantes Desentupidora em Vila Cleto Desentupidora em Vila Esperança Desentupidora em Vila Fragnani Desentupidora em Vila Guido Desentupidora em Vila Ianni Desentupidora em Vila Lívia Desentupidora em Vila Mariáh Desentupidora em Vila Martins Desentupidora em Vila Padre Bento Desentupidora em Vila Residencial São Domingos Desentupidora em Vila Roma Desentupidora em Vila Santa Terezinha Desentupidora em Vila São Francisco Desentupidora em Vila São José Desentupidora em Vila Swevia ,Desentupidoras e Limpa fossa em Curitiba, Desentupidoras e Limpa fossa em Belém, Desentupidoras e Limpa fossa em Cuiabá, Desentupidoras e Limpa fossa em Brasília, Desentupidoras e Limpa fossa em Goiânia, Desentupidoras e Limpa fossa em São Paulo, Desentupidoras e Limpa fossa em Porto Alegre, Desentupidoras e Limpa fossa em Florianópolis, Desentupidoras e Limpa fossa em João Pessoa, Desentupidoras e Limpa fossa em Rio de Janeiro, Desentupidoras e Limpa fossa em Aracaju, Desentupidoras e Limpa fossa em Salvador, Desentupidoras e Limpa fossa em Palmas, Desentupidoras e Limpa fossa em Campo Grande, Desentupidoras e Limpa fossa em Porto Velho, Desentupidoras e Limpa fossa em Belo Horizonte, Desentupidoras e Limpa fossa em Recife, Desentupidoras e Limpa fossa em Macapá, Desentupidoras e Limpa fossa em Rio Branco, Desentupidoras e Limpa fossa em Boa Vista, Desentupidoras e Limpa fossa em Teresina, Desentupidoras e Limpa fossa em Manaus, Desentupidoras e Limpa fossa em Natal, Desentupidoras e Limpa fossa em Maceió, Desentupidoras e Limpa fossa em São Luís, Desentupidoras e Limpa fossa em Vitória, Desentupidoras e Limpa fossa em Fortaleza.